domingo, 21 de outubro de 2018

La Varenne apresenta oito novos pratos


O La Varenne é um desses restaurantes localizados em shoppings, comprovados como bons e belos. Tem uma iluminação agradável e tons fortes, que oferecem uma sensação de elegância serena. Seu cardápio e sua carta de vinhos, sempre mereceram aplausos.

 Recentemente fui conhecer algumas novidades que o chef Felipe Miyake, acrescentou ao menu. Foram oito novos pratos. Todos com harmonia, frescor e notável estrutura. Chef Felipe Miyake sempre arregaça as mangas e inventa pratos que cativam clientes. Dessa vez não foi diferente. E mais, combinar tudo isso com goles de vinho foi perfeito.
Como entrada, a novidade é a Salada de batata com haddock e oeuf mimosa (R$33). Com seu jeito simples e fala mansa, o chef Felipe veio até a mesa explicar sobre a notável composição do prato, muito leve e delicado onde o ovo até serve de estrela. Tivemos o privilégio de harmonizar com o premiado espumante Flair brut , da vinícola paranaense Legado. Aqui foi a vez do sommelier José Vinícios Chupil fazer a apresentação.

As pequenas porções foram sucedendo, exibindo nuances da cozinha do chef, um dos mais conceituados de Curitiba. Conhecemos as oito novidades acrescentadas ao cardápio: prato e o vinho como sugestão, uma vez que a adega do restaurante possui 250 rótulos de 24 países.
Entre as novidades estão as Vieiras grelhadas com fregula sarda, trufas negras e parmesão (R$132) ,prato que combina de forma harmônica a massa rústica com a textura e o sabor suave da vieira.

A pedido do público, dois sucessos voltaram ao cardápio da casa: o Tortelloni de ossobuco com fonduta de açafrão e demi-glace (R$72)
e o Bacalhau selvagem da Islândia grelhado, acompanhado por alcachofra, palmito pupunha e aspargos em nave de azeite extra-virgem (R$155).
Outro destaque do novo menu são as carnes. Os amantes de pato vão se deliciar com Magret (R$128), aquelas tiras finas, rosadas por igual, para mim foi a inspiração do momento. Adorei.
Boa pedida é o Javali (R$121 - foto) e a Blanquette de Vitela (R$78), ambos apresentam o equilíbrio perfeito entre tradição e inovação.
De sobremesa a inesperada Verrine de chocolate belga (R$32), promete agradar em cheio quem é apaixonado por chocolate. Quando chegou a mesa lembrei da 25a.Bienal de Curitiba que está acontecendo em vários locais da cidade. Sua apresentação é uma verdadeira obra de arte. E mais é uma sobremesa surpreendente, pois reúne o doce do cacau com a acidez das frutas cítricas", disse o chef Felipe Miyake. Valeu!!

La Varenne fica no Patio Batel Piso L4. Aberto de segunda a sábado, almoço das 11h30 às 15hs; jantar - segunda a quinta das 19hs às 23hs e sexta e sábado das 19hs às 24hs. Domingo das 12hs às 17hs
Reservas: (41) 3044-6600 | 99512-5501 – Fotos divulgação e Marian Guimarães.

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

O atraente cardápio do restaurante Kalhua


O restaurante Kalhua, como um sopro jovial se instalou numa área até então ignorada no circuito gastronômico de Curitiba- rua João Antonio Xavier 303 - Bairro Água Verde. Seu espaço é muito bonito e a cozinha é comandada pela chef Rita Delaé , uma baixinha arretada e encantadora. Seus dotes de exploradora de sabores e aromas, transparece na escolha de ingredientes e na maneira de apresentá-los nos pratos que chegam à mesa. Sardinhas, bacalhau, polvo, risotos, ravióli, carnes vermelhas e brancas, brilham em sugestões do cardápio onde prevalece a culinária portuguesa/italiana.

O bonito empreendimento é do empresário Marco Aurélio de Souza, um advogado que deixou a profissão para investir em seu grande sonho: um espaço como o que gostaria de frequentar. Bom pra nós. A casa abre de terça a sexta-feira, das 16 às 23 horas; sábados e domingos, das 11h30 às 23 horas.
Até dia 24 de outubro o Kalhua está realizando o Festival do Mar trazendo no cardápio um delicioso desfile de petiscos leves e saborosos. 

Entre os petiscos do Festival do Mar, é possível degustar quatro preparos de Ostras: ao vinagrete de cogumelo, ao Beurre Blanc, Gratinada ou à Provençal. Os pratos são vendidos a partir de uma unidade (R$ 8), meia dúzia (R$ 26), uma dúzia (R$ 52) ou 24 unidades (R$ 98).

Também estão no cardápio porções de Camarões Pistola grelhados (R$ 80), Lagostins grelhados (R$ 50), Mariscada com molho de vinho (R$ 30), Polvo ao Vinagrete (R$ 25), Anéis de Lula empanados (R$ 25), Vieira Rústica com ovas de capelin (R$ 12 a unidade) e Mini Vôngoles ao molho de vinho (R$ 20).
Mas diariamente chef Rita Delaé também sugere um prato especial de massa acompanhada com frutos do mar. Dia desses foi o fettuccine com lagostins, um prato que, antes de terminar, você já fica pensando em quando voltar. Uau….bom demais.
As sobremesas seguem o mesmo nível de excelência dos pratos.

No cardápio de drinks estão receitas clássicas, como o Negroni, Gin Tônica, Kir, Manhattan, Margarita e Tequila Sunrise, entre outras. Em relação às cervejas há opções comerciais e artesanais. Para os enófilos a casa apresenta boa carta de vinhos com preços convidativos. Mas também não cobra rolha, então os clientes que quiserem podem levar seu vinho preferido.

O Kahlua funciona de terça a sexta-feira, das 16 às 23 horas. Sábados e domingos, das 11h30 às 23 horas. Fica na Rua João Antônio Xavier, 303, Água Verde. Reservas (41)3082-8299. - Fotos Marcelo Krelling e Marian Guimarães

Novidade estilosa


Certos restaurantes entram para história pela magia que exercem sobre gerações de clientes. O Tatibana é um destes. O movimento incessante da casa que funciona diariamente oferecendo pratos da culinária japonesa, denuncia a atmosfera envolvente do lugar que está completando 15 anos.
Além do cardápio a la carte, rodízio com preço fechado, e também bufê no almoço (esse de segunda a sexta) agora o Tatibana está com uma novidade estilosa no jantar às terças-feiras. 
É o Omakase (pratos definidos pelo chef) composto de dez sugestões. Apesar do requinte e da qualidade dos pratos, o preço não assusta é R$ 82,90 por pessoa. Um cardápio cheio de surpresas. 

Se a louça já encanta o visual, imagine a apresentação da comida elaborada pelo chef Cristiano Felde. E mais, a colocação do rabanete em quase todos os pratos, inclusive na sobremesa, dando toque na decoração e, acima de tudo, o sabor no casamento de sabores foi simplesmente maravilhoso. O cardápio terá mudança de 15 e 15 dias.
A orgia gastronômica da próxima semana (23) e foi a que provei nesta semana, iniciou com Ceviche Tatibana com chips de bata-doce, leve e saboroso. As lâminas de rabanete deram um toque especial ao sabor do prato e na delicadeza da apresentação.
Na sequência, Berinjela no Dashi e ostra fresca com ovas, apresentados na bonita louça branca  com sugestiva folha verde dando um bonito vusual.

Tartar de atum com foie gras com pequenos fios de pimenta especial.  


Depois foi a vez do  salmão selado Momofuku, Durante toda sequência os pratos era apresentados pelos simpátucos garçons, aqui disseram que o raminho verde era apenas decoração, não era comestível.
Anchova Negra com manjericão, novamente o rabanete na delicada apresentação e servindo de na complementação do sabor. Bom demais.
Sushi e Sashimi Experience e a delícia do caviar.
Suschichef Felde, aqui fizemos questão que o chef Cristiano Felde chegasse  até à mesa para a apresentação do prato. 
Salteados de Petit frutos do mar, mais uma delicia que encheu os olhos e o paladar.
Costelinha de porco com cozimento lento, que desmanchava exalando sabor indescritível.
A sobremesa que fechou com chave de ouro. Novamente o rabanete lá estava na decoração e dado mais frescor ao prato. Perfeito.

Para o simpático chef Cristiano, que tem sua formação na Nagoya Sushi School, e também é o primeiro sushi chef de Curitiba a ser formado pelo governo japonês na instituição All Japan Sushi Association (AJSA), o Omakase representa a marca da casa, com seus temperos, cortes e ideias. Sim, a marca do chef. Recomendo.

Tatibana Japanese Cuisine– Rua Pasteur 106. Abre diariamente para almoço a partir de 11h30; jantar de segunda a sábado a partir das 19hs. Capacidade para 98 pessoas. - Fotos Marian Guimarães.

terça-feira, 16 de outubro de 2018

É tempo de Oktoberfest


Nesta quarta-feira (17) o restaurante Sale Pepe vai celebrar a Oktoberfest em seu buffet. Isso mesmo. Pratos como a Kasseler (bisteca defumada), salsichas, frango na cerveja, entre muitos outros estarão no buffet das 11h30 às 15hs, com o preço de R$ 64,90 o quilo.
Tão presente na cultura gastronômica curitibana, a influência da culinária alemã é relembrada em diversos outros pratos. Joelho de porco, chucrute e massas com linguiça Blumenau integram a seleção germânica preparada pela gastrônoma Mayara Ueda, que assina todos os cardápios do Sale Pepe.

Como já é tradição no restaurante, o buffet também traz neste dia opções da cozinha internacional. Entre elas estão: Ravioli ao pesto, Massa ao molho rosé, Batata rústica, Picadinho de carne com batata, Peixe grelhado, farofa, feijão-branco, arroz branco e arroz integral.

Como sobremesa, há Pretzel, Folhado de maçã, Torta alemã, Mousse de chocolate, Creme de abacate, Pavê de frutas, Sagu e Pudim de leite.

Sale Pepe fica na Rua XV de Novembro, 818 – Centro, Curitiba – Almoço das 11h30 às 15hs. - Fotos divulgação.

Exposição “Sinapses Etéreas”


No próximo dia 17 de outubro entra em cartaz no Estúdio Galeria Teix ( Alameda Augusto Stellfeld, 1581 ) a exposição Sinapses Etéreas dos artistas Breno Vieira, Matheus Sari, Yago Tavares e Yuri Rosa. A mostra objetiva explorar e elucidar os processos íntimos e automáticos de conexão entre a tríade: artista, obra e espectador. 

Através de uma instalação multimídia, o trabalho pretende questionar junto ao o público como acontece essa conexão e busca evidenciar o universo sensorial, real, simbólico e onírico. A partir dessa experiência a tatuagem é o ponto de partida para a construção de novas narrativas visuais e simbólicas.

Cada um dos artistas conceituou um dos quatro universos criados para se chegar ao resultado final da obra. O Universo Simbólico foi motivo da investigação de Breno Vieira e sua observação de comportamentos do mundo animal, não humano.

Já Matheus Sari buscou na botânica e no estudo de flores as informações que precisava para criar seu Universo Sensorial. “

Para interpretar o Universo Real, Yago Tav buscou em diferentes discursos contemporâneos, na troca de percepções e nos sentimentos banais e complexos do nosso cotidiano o conceito de seu trabalho que usa a linguagem escrita, o desenho e a tatuagem simultaneamente.

Na proposta de Yuri Rosa para interpretar o seu Universo Onírico, o artista propõe uma experiência de visualização na qual o espectador consiga se conectar internamente através da imagem.
Sobre a Teix
O Estúdio Galeria Teix é pioneiro no conceito de tatuagem autoral na cidade de Curitiba. Seu espaço possui uma galeria de arte contemporânea que faz parte do circuito de galerias da cidade.

Sobre a Bienal de Curitiba
Referência em arte contemporânea, sendo reconhecida pela imprensa especializada como um dos principais eventos de arte do circuito mundial, em 2018 a Bienal de Curitiba completa 25 anos. Em comemoração, do dia 18 de outubro a 30 de dezembro de 2018 acontecerá uma edição especial, com uma mostra principal, além da participação de outros centros culturais da cidade e espaços públicos que estarão envolvidos com programações paralelas, intervenções urbanas e exposições em galerias e museus.

Estúdio Galeria Teix fica na Alameda Augusto Stellfeld, 1581 - Visitação até 20 de dezembro. De segunda a sexta-feira das 10hs às 19hs, e sábado das 10hs às 16hs.- Foto divulgação.

Recital com Duo Vanzella-Savytzky


Com ingressos a C$ 20,00 e R$ 10,00, nesta quinta-feira 18 de outubro às 20 horas, a Capela Santa Maria recebe o recital Duo Vanzella-Savytzky, formado por Patricia Vanzella (piano) e Adriane Savytzky (violoncelo).





Capela Santa Maria (Rua Conselheiro Laurindo, 273) – Centro – Fotos divulgação.

Musical “Um Cisco” estreia no Guairão


O musical “Um Cisco”, que narra a trajetória de uma das mais admiradas personalidades brasileiras, o médium Chico Xavier, estreia nesta quinta-feira, dia 18 de outubro, no palco do Guairão, em uma superprodução.

Com elenco de mais de 70 artistas e técnicos, entre atores, bailarinos, músicos e equipe de produção, o musical conta com a direção de Plínio Oliveira, que é compositor, escritor e produtor. Chico Xavier ganha vida no palco através do ator e cantor mineiro Marcelo Veronez, em uma história leve, comovente e inspiradora para o público.

A trama se desenvolve numa estação de trem, onde a vida do médium é narrada desde os seus 4 anos de idade até a sua morte, aos 92 anos. O espetáculo marca seu percurso desde o anonimato até se tornar uma figura popular. Sua participação na TV brasileira na década de 70 registrou audiência histórica, sendo um fenômeno televisivo para a época.

“Um Cisco” humaniza a figura de Chico Xavier e destacará também os medos e os desafios de sua vida, evidenciando o seu temor pela morte, os obstáculos enfrentados pela não aceitação do seu dom, a incompreensão da família e sua integridade e bondade diante disso.

O musical “Um Cisco” tem duração aproximada de 2h10, sendo encenado em dois atos, com intervalo. São 30 cenas musicais com 4 músicas populares (Chico Bondade, No Céu da Vibração, Encontros e Despedidas e Hi Lili, de filme do mesmo nome da década de 50) e 26 compostas originalmente em arranjos orquestrais. - Foto divulgação.

Ingressos à venda nos quiosques do Disk Ingressos nos shoppings Estação, Mueller, Palladium, São José e no site:

Bate papo sobre alimentação saudável



Curitiba é considerada a capital brasileira da alimentação saudável, com 11% da população que se identifica com esse regime alimentar – entre veganos e vegetarianos. O assunto, cada vez mais atual, ganha maior projeção durante o mês de outubro, considerado o mês da Consciência Vegetariana.

O Green Dog, marca de cachorros-quentes que há 12 anos é referência em Curitiba para paladares carnívoros e vegetarianos, criou o evento Green Talk, que acontece hoje das 19hs às 20h30,no Green Dog Juvevê, Rua Alberto Folloni, 225, uma oportunidade para abordar temas relevantes e ampliá-los em grupos de mesmo interesse.

A convite do chef Phelipe Rangel, proprietário da marca inclusiva, participam do evento aberto ao público, a jornalista Flávia Schiochet, repórter de gastronomia do Bom Gourmet, da Gazeta do Povo, autora do Blog Verdura Sem Frescura; e também Ricardo Laurino, vegano, empresário e presidente da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), da chef Gabriela Vilar de Carvalho, idealizadora do Quintana Gastronomia e incentivadora de uma cadeia mais saudável de alimentação, e de Guilber Wistuba, um dos fundadores do Green Dog, agrofloresteiro e participante da Associação Morretes AgroFlorestal e Ecológica (AMAE).- Foto divulgação.

Tempo de renovação


Os arquitetos Ana Carolina Boscardin e Edgard Corsi celebram, no dia 19 de outubro, a nova sede do escritório. O novo Studio Boscardin.Corsi marca uma nova fase na carreira dos profissionais e para comemorar, receberão convidados para o bate-papo “Como a arquitetura pode influenciar no comportamento das pessoas – Case The Coffee” ministrado pelos arquitetos e por Alexandre Fertonani, sócio proprietário do The Coffee, que tem o ousado projeto assinado pelo escritório. - Foto Eduardo Macarios.

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Vin Bistro X Vinícola Thera


Nesta terça-feira (16)o Vin Bistro abre suas portas para jantar harmonizado com vinhos de altitude da Vinícola Thera, de Santa Catarina. O preço é de R$ 179,00 por pessoa e as reservas podem ser feitas pelo telefone (41) 3225-3444.
O cardápio elaborado pela chef Claudia Krauspenhar traz como entrada um dos carro-chefe da casa, que são as ostras e que serão servidas em três versões: naturais, gratinadas ao creme de raiz forte e empanadas com aöli de Wasabyy. 

O vinho escolhido foi o Thera Sauvigon Blanc de belíssima coloração palha com reflexos esverdeados. No paladar, apresenta intenso frescor e suculência, com final bastante longo e levemente adocicado. Combinação perfeita.


Em seguida, como primeiro prato linguine artesanal com camarões salteados, tomate-cereja, raspas de limão siciliano e hortelã, que será harmonizado com o premiado Thera Rosé um vinho de delicada coloração, que apresenta em boca uma acidez equilibrada e uma incrível aptidão gastronômica.

O segundo prato sugerido pela chef Claudia é medalhão de paleta de cordeiro em crousta de pistache e risoto de cebola caramelizada ao molho de ameixas e aroreira. A harmonização será com o último lançamento da Vinícola Thera, o tinto Madai. Muito rico no olfato, apresenta notas de ameixa madura, cassis, especiarias e chocolate. Taninos volumosos, equilibrado e persistente.




Para encerrar, como sobremesa Panna Cota de chocolate com frutas vermelhas e o espumante Auguri.

Vin Bistro _ Rua Fernado Simas 260 . Abre de terça a sábadi para jantar, sábado e domingo com almoço- Fone (41) 3225-3444.Fotos divulgação.

Panetones Vergani


Eles estão de volta. Isso mesmo. Os especialíssimos panetones italianos Vergani voltam ao Brasil, este ano com mais duas novidades: a Linea Tutto L´Anno (versão 500 gramas) e o Le Antiche Ricette Tradicional Milano (agora disponível nas versões 1500 e 500 gramas). São dez linhas gourmet elaboradas a partir de processos tradicionais e artesanais, cada uma com um modelo de embalagem impactante e sofisticada.

Os Vergani fazem parte da história de Milão e seguem rigorosamente a mesma receita há década para entregar uma massa irresistivelmente suave e delicada. Os produtos são trazidos ao Brasil pela importadora Porto a Porto.
Em Curitiba eles estão na Adega Brasil (Mercado Municipal), Casa Fiesta, Família Scopel,Queijos e Vinhos (Mercado Municipal), Saint Germain Ecoville e Batel e Tok Super. - Foto divulgação.

O autismo e o papel da escola


Acontecerá entre os dias 01 e 03 de novembro o maior evento de capacitação do país voltado ao autismo na escola, através da realização do Instituto Ico Project, o Instituto Ico Project Capacitação: Autismo na Escola. O congresso acontecerá no Auditório PotyLazzarotto do Museu Oscar Niemeyer (MON) e oferecerá 30 horas de capacitação para professores, familiares de crianças diagnosticadas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e terapeutas.
Na grade do encontro, que contará com palestrantes de renome nacional e internacional, temas como adaptação curricular (plano individualizado de ensino), estratégias para o ensino da matemática, aspectos jurídicos do bullying e como identificá-lo precocemente, habilidades sociais e comportamentos agressivos na escola, entre muitos outros, sempre abordados com densidade e dinâmicas de sensibilização do público. Os organizadores esperam a presença de 340 participantes, que devem ocupar a lotação máxima do auditório.

Além dessa capacitação de profissionais e famílias, o evento contará com um espaço social e palestras gratuitas. Para a área aberta ao público geral, a organização espera receber 4500 pessoas nos três dias. Elas poderão assistir 12 palestras gratuitas sobre temas gerais do autismo e visitar atrações como um espaço Sensório-Motor.
Queremos, com o evento, oferecer instrumentos profundos para a integração da família, escola e terapeutas, para que tenham meios concretos de possibilitar a inclusão plena de crianças e adolescentes com necessidades especiais no contexto escolar”, explica a fundadora do Instituto Ico Project, Elyse Matos.

Sobre o Instituto Ico Project
O diagnóstico de Transtorno do Espectro Autista (TEA) em seu primogênito, Enrico, motivou a família Matos a criar o Instituto Ico Project – uma iniciativa inédita no Brasil – para ajudar outras famílias a lidar com o autismo, oferecendo um misto de lazer e educação especiais para essa condição. “O surgimento do instituto veio como forma de transformar em legado positivo a circunstância que vivemos com o diagnóstico de autismo de nosso primeiro filho, o Ico”, diz a empresária Elyse Matos, fundadora do projeto ao lado do marido, Emiliano. - Fotos Naideron Jr