domingo, 11 de fevereiro de 2018

"Tangentes" na Zuleika Bisacchi Galeria

Tangentes” é o tema da primeira exposição de 2018, na galeria Zuleika Bisacchi Galeria. Ela trouxe para seu espaço obras de três novos nomes das artes, todos estudantes do curso de Bacharelado em Artes Visuais a UFPR: Anna Lima, Bruna Fernandes e Guilherme Carriel. 

Os três foram selecionados a partir de um edital feito em parceria entre a galeria e a universidade, que resultou nesta exposição após um trabalho de um ano entre a galerista Zuleika Bisacchi, a professora Tânia Bloomfield e os alunos artistas.
Bruna Fernandes expõe uma série de trabalhos que leva o título “Floresce no caos e desflora no íntimo”. Sao quadros com monotipias de flores, e também dois objetos de vestir tingidos com impressão botânica, além de um vídeo no qual eles são explorados e vestidos por mulheres. Trata-se de uma reflexão sobre o corpo para tornar-se único através de elementos da vestimenta
Guilherme Carriel apresenta uma instalação com canoa pesqueira e sete pedras, intitulada “Nama-rupa” (que significa “Nome e forma”, em sânscrito). A canoa, conseguida com pescadores tradicionais de Antonina, teve sua superfície pirografada pelo artista com uma prece indiana. Já as pedras, ao lado da canoa, também foram grafadas com uma broca especial com sufixo “ISMO”, de origem grega.

Anna Lima apresenta três obras, sendo duas colagens e uma escultura. A artista realizou um destes trabalhos construindo um pensamento sobre sua poética, que tem o útero como peça sagrada feminina, uma caixa de pandora.
Bruna Fernandes, Zuleika Bisacchi e Guilherme Carriel.
Para dir: as professoras Isabelle Catucci e Tânia Bloomfield, Guilherme Carriel, Zuleika Bisacchi e Bruna Fernandes.
 André Coelho, Zuleika Bisacchi e Celso Coppio.

Zuleika Bisacchi Galeria de Arte – Pátio Batel, piso L 3/ loja 329. A mostra fica aberta ao público até dia 24 de fevereiro. Horários de visitação diária: segunda a sábado das 10h às 22h, domingos e feriados das 14h às 20h.
Fotos de Marcelo Elias e Marian Guimarães.

Nenhum comentário:

Postar um comentário